Professora de Dança do Ciranda realiza produção cênica como resultado de dissertação de Mestrado

banner-danca

Em homenagem aos 80 anos do Colégio Lyceu de Goiânia, a professora da rede estadual de educação no Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte, Lana Costa Faria, realizou uma produção cênica intitulada “Poéticas do corpo em cena”. O evento ocorreu no dia 10 de maio no Espaço Sonhus.

A produção cênica é fruto da dissertação de mestrado em Artes Cênicas PROFARTES/UnB da professora Lana, que também é ex-aluna do Colégio Lyceu. A apresentação da produção ocorreu em parceria com o professor de artes visuais Henrique Lima, aos alunos do 1º e 2ª ano do ensino médio. O resultado da produção foi a criação de um vídeo referente ao relato da prática pedagógica intitulada: “Imagem em cena e corpo que dança: poéticas pedagógicas”. A investigação contou com a participação das professoras colaboradoras da rede estadual de educação: Alice Assis, Ana Paula Blotta, Claúdia Barreto, Mônia Batista e Itana Parreira Freury.

 

Poética do corpo em cena

A investigação propõe levar para cena um processo criativo do corpo cênico, partindo da reflexão sobre o universo da dança, gerada pelas inquietações e problemáticas no espaço escolar por professores. O objeto desta investigação centra-se em repercussões, impactos e desdobramentos de uma prática educativa em dança, a partir de narrativas imagéticas, para formação continuada de professores, que possibilite dialogar com os estudantes através de produções de corpos em cena. Munidos dessas narrativas visuais cria-se novas imagens que nos informam, formam, comunicam, dialogam com o universo do aluno, configurando e construindo traços identitários e singulares que nos identificam e representam. O processo de criação em dança é elaborado com base nos elementos estruturais do movimento segundo a Coreologia, princípio de Rudolf Laban e nos jogos corporais propostos por Angel Vianna. É um processo criativo autoral na construção das “Poéticas dos corpos em cena”, gerando a escuta e reflexão sobre corpos em cena, construindo diálogos com o corpo, a dança e a sociedade.

Comentários estão fechados